sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

um exemplo de sucesso - DiaBetes - Fundação Copel - um bom exemplo

Dia 29 de junho Fundação Copel lança programa para controle do Diabetes


Nos últimos 10 anos, o Diabetes cresceu mais de 60% somente no Brasil. Essa doença que atinge entre 350 a 400 milhões de pessoas em todo o mundo é responsável por prejudicar a circulação, coração, olhos, cérebro, rins, pés, câncer e ainda causar demências. 
A Fundação Copel vai lançar no próximo dia 29 de junho, o “ Cuidar – Programa de Controle do Diabetes” direcionado aos beneficiários portadores de diabetes. O programa consiste em encontros mensais com outros beneficiários também identificados como diabéticos. Nestas reuniões, será possível trocar experiências e buscar apoio para melhorar a qualidade de vida dos pacientes e, por consequência e impedir complicações derivadas da doença.
Em todos os encontros, os beneficiários terão encontros com profissionais da saúde como enfermeira especializada, educador físico e nutricionista. Com conselhos profissionais, eles terão auxílio na utilização da medicação de forma adequada, aprender sobre controle alimentar e emocional e a motivação para a prática de atividades físicas com regularidade.
Cuidar é um programa totalmente gratuito e quer ajudar os diabéticos a entenderem que ser portador de doença crônica não é o mesmo que estar doente. Cuidar é um programa que vai possibilitar que todos possam Viver Mais e Viver melhor.


Você já ouviu falar do Programa de controle do diabetes?

O CuiDar é um programa de atenção e cuidado ao portador de Diabetes Mellitus e foi criado com o objetivo de atender a todos os diabéticos da Fundação Copel, duplicando a sobrevida nos próximos 10 anos. O programa preconiza o acolhimento, a motivação para o autocuidado e a adoção de comportamentos saudáveis.
Aproximadamente 170 beneficiários das cidades de Cascavel, Londrina, Maringá e Ponta Grossa aderiram à iniciativa e contam com o suporte de equipe multiprofissional especializada, acompanhamento individual em consultório com a nutricionista e exames de laboratório para monitoramento. A proposta é que todos recebam o “cuidado total".

Neuza Blanco parabeniza a iniciativa da Fundação Copel: “A gente sempre acha que sabe tudo, que aprendeu tudo, mas ao participar das reuniões descobri que estava fazendo muita coisa de forma errada, que se tivéssemos tido estas orientações antes, com certeza teria feito muita diferença em nossa qualidade de vida, a Fundação esta de parabéns pela iniciativa”.

O CuiDar trouxe os melhores resultados em saúde com a redução da hemoglobina glicada. Este é um dos exames mais importante no acompanhamento do paciente diabético, pois sinaliza se o tratamento proposto está sendo eficaz ou não.

FIQUE ATENTO:
Lançamento do CuiDar em Curitiba e demais cidades do Interior..

Fotos das reuniões: Londrina, Cascavel, Maringá e Ponta Grossa!
 325

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Crimes e castigos nas repúblicas "democráticas"

Qual é a punição e processo de julgamento de pessoas idênticas ás acusadas pela Operação Lava Jato?
Nos países que se intitulam socialistas ou comunistas existe pena de morte para gente assim?
Os processos são lentos?

Prédios abandonados viram focos do mosquito da dengue







Publicado em 31 de dez de 2015
Prédios abandonados viram focos do mosquito da dengue 

Esqueleto Tourist Hotel - O Hotel abandonado da Zona Sul do Rio de Janeiro

pleno verão chuvoso - inspeções rigorosas são necessárias

Em qualquer cidade é fundamental inspecionar:
prédios abandonados
terrenos baldios
terrnos cercados por ceras e muros opacos
casas mal habitadas
calçadas 
restos de lixo
sistemas de coletas de lixo
bueiros etc.

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

The Influenza Pandemic of 1918: One of the Deadliest Epidemics in History.





Publicado em 14 de fev de 2017
We Heard the Bells: The Influenza of 1918
Known as "Spanish Flu" or "La Grippe" the influenza of 1918-1919 was a global disaster.

The documentary meets individuals from marginalized communities who describe what it was like to live through the 1918 flu pandemic. Their experiences raise questions about the pandemic: why did it kill so many people? Why were so many of the dead young adults? Where did this lethal flu come from? How can we keep a pandemic like that from occurring again? The film follows the search for answers from an expedition to Alaska in 1951 to collect tissue from bodies buried in the permafrost, to the scientists and epidemiologists working on the same questions today. It explains the relevance of research into the 1918 pandemic to the threat of current and future flu pandemics.

by Health and Human Services
Published 2010


Subscribe - never miss a video!
https://www.youtube.com/channel/UC_S8...

The 20th Century Time Machine takes you back in time to the most important historical events of the past century. Watch documentaries, discussions and real footage of major events that shaped the world we live in today.
https://www.youtube.com/watch?v=EHAZA...
  • Categoria

  • Licença

    • Licença padrão do YouTube

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Segurança das crianças no trânsito | Segurança no Trânsito







Este vídeo dá orientações para manter a segurança de crianças em estradas e ruas.

Esse é o primeiro vídeo do programa "Segurança no Trânsito", uma série com dicas e instruções fundamentais para evitar acidentes com veículos e pedestres.

Veja mais no nosso site: https://www.sikana.tv/pt-br/health/ro...

Medidas simples e eficientes podem ajudar a reduzir os acidentes de trânsito envolvendo crianças e adolescentes. Ao ensiná-las como atravessar a rua ou onde se ficar ao lado da estrada, você dará uma lição de muito valor a esse jovem.

Este programa foi feito pela Sikana em parceria com o grupo Renault.

Locução: Milana Diniz

Tradução - sismile
MOSTRAR MENOS


Clubinho Honda - Segurança no Trânsito








Publicado em 24 de jul de 2013

INSCRITO 16 MIL
Filme criado e produzido pela Tortuga Studios para a Honda do Brasil.



NÚMEROS IMPRESSIONANTES SOBRE O NÚMERO E EFEITOS DE ACIDENTES DE TRÂNSITO

https://www.google.com.br/search?source=hp&ei=yvlcWqiuHsGnwATQ35DIAw&q=111+MIL+CRIAN%C3%87AS+HOSPITALIZADAS+POR+ACIDENTES&oq=111+MIL+CRIAN%C3%87AS+HOSPITALIZADAS+POR+ACIDENTES&gs_l=psy-ab.3...1888.15463.0.15628.46.41.0.0.0.0.475.6729.2-19j3j1.23.0....0...1c.1.64.psy-ab..23.9.2528.0..0j38j35i39k1j0i131k1j0i67k1j0i203k1j0i22i30i19k1j0i22i30k1j33i160k1.0.pRjxo4wxal0

terça-feira, 21 de novembro de 2017

è bom saber

Hemepar

saO Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (HEMEPAR) é uma unidade da Secretaria de Estado de Saúde. É responsável pela coleta, armazenamento, processamento, transfusão e distribuição de sangue para 384 hospitais públicos, privados e filantrópicos que atuam em todas as regiões do Paraná.

É uma entidade sem fins lucrativos e atende a demanda de fornecimento de sangue e hemoderivados do Estado graças às doações dos voluntários. A doação é o único modo de salvar a vida de milhares de pessoas, pois não há substituto para o sangue.

Como posso ser um doador de sangue?
O que é a Rede Hemepar
Unidades da Rede
Perguntas frequentes sobre a doação de sangue
Doação por Aférese
Pesquisa Científica 
Profissionais da Saúde
Hemoterapia - Artigos científicos de conclusão de curso de pós-graduação lato sensu em Hemoterapia

Fale Conosco:
Tel: 0800 - 645 4555
rchemepar@sesa.pr.gov.br

PARA DOAR EM CURITIBA
Endereço: Travessa João Prosdócimo, 145 – Alto da XV
Tel: (41) 3281-4000
Horário - 2ª a 6ª feira - 7h30 às 18h30
Sábados - 8h00 às 18h00



Senhores(as) Doadores(as):

A Carteira de Doador(a) deve ser retirada no Hemepar 30 (trinta) dias após a data de sua doação. O doador deve levar documento de identificação para fazer a retirada. Caso outra pessoa for buscar, além do seu próprio documento, também deve levar um documento de identificação da pessoa que fez a doação.

• Telefones: 08006454555 / (41) 32814000 /  (41) 32814051 ou (41) 32814032;
• Email: rchemepar@sesa.pr.gov.br
• Pessoalmente no Serviço Social.

Agradecemos a compreensão.

Divisão de Suporte aos Usuários do Hemepar
2014

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

CALÇADAAS CURITIBANAS - 2017 - EVITE ACIDENTES - ANDE OLHANDO E PISANDO COM CUIDADO

Flagrantes do lançamento do NIDD - Núcleo de Inclusão do doador com Deficiência -, HEMEPAR

Lançamento do NIDD - Núcleo de Inclusão do Doador com Deficiência - HEM...

CAMPANHA DOAÇÃO DE SANGUE - HEMEPAR

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Vitamin D May be Key for Pregnant Women with PCOS

  • Synopsis: Published: 2017-11-10 - Penn study shows women with infertility due to PCOS have a significantly decreased likelihood of successful pregnancy if they are vitamin D deficient. For further information pertaining to this article contact: University of Pennsylvania School of Medicine at uphs.upenn.edu.


University of Pennsylvania School of Medicine. (2017-11-10). Vitamin D May be Key for Pregnant Women with PCOS. Retrieved 2017-11-14, from https://www.disabled-world.com/health/female/pregnancy/Vitd-pcos.php Direct Link: Vitamin D May be Key for Pregnant Women with PCOS - Penn study shows women with infertility due to PCOS have a significantly decreased likelihood of successful pregnancy if they are vitamin D deficient - University of Pennsylvania School of Medicine